A arte de libertar o “desejo”/vontade como fonte de sofrimento

Imagem de Datwaschel por Pixbay

A arte de viver sem nada querer e tudo ter e acabar por acontecer….

O que nos aprisiona e prende são os nossos “quereres” e vontades, desejos de que tudo aconteça de acordo com as nossas regras, vontades e verdades….com a “ordem” que ilusoriamente acreditamos ser a certa, e para a qual lutamos com máxima “teimosia”.

Ao libertar a força da “vontade” imposta e sustentada por “desejos”/vontades que apenas servem para preencher um vazio de auto-valorização falso, significa permitir deixar a vida fluir. Dar espaço e tempo para receber o que, inevitavelmente, a vida tem para nos apresentar, dando espaço e tempo para que tudo se manifeste sem que apresentemos resistência.

Ao fluir na onda da vida e largar o desejo e vontade de que as coisas aconteçam como o “nosso querer impõe”, nos permitimos libertar do desgosto, da desilusão, da decepção, e da dolorosa sensação de perda, originada pela não aceitação sobre o que a vida nos apresenta.

Experimenta agora não dar ouvidos aos teus “quereres”/ às tuas vontades e regras rígidas. Liberta-te da rigidez imposta pela tua mente, sobre como ela considera que a vida, as pessoas e acontecimentos tem de ser, se manifestar e acontecer. Entrega-te à vida, ao coração (dar espaço e tempo para que o que é se revele tal como é) e “desfruta” o que a vida, as pessoas e o que os acontecimentos te reservam, o que se vai manifestando e acontecendo, tenta entender o que de maior em ti está para se revelar na rendição ao que é, e como é.

Se nada de importante e interessante acontecer, observa as sensações vindas de dentro que denunciarão o quanto ainda esperas que a tua vontade se cumpra….e o medo que te envolve se não estiveres no comando da vida, das pessoas e dos acontecimentos.

Observa como reages ao que vem de fora e que não controlas….e o quanto queres que seja diferente….observa que, quanto mais queres que o que vem seja diferente do que o que é mais sofres…… e mais revelas a tua resistência à vida como é, e falta de “poder de encaixe” para receber o que é….tal como é.

Observa o que vem….como vem….e o impacto que tem em ti….isto é estar no “agora” e em presença plena consciente …..dar espaço e tempo para que o que é se manifeste tal como é .. ser e estar na bênção da presença do agora, da gratidão
aberto ao amor e a “arte de viver sem nada querer”….

Liga-te ao teu Ser, corpo, sensações… observa tuas emoções e pensamentos…
acalma as emoções com carinho, dá uma pausa nos “quereres”/vontades… permite que a vida aconteça por si…

Acalma os pensamentos e o comando que a mente impõe, liberta te da prisão do impulso inconsciente.

Ao colocares a mente de “ferias”, encostas-te para trás e dás espaço ao coração para contemplar, sentir o que vem e para aceitar como é.

O milagre da vida está na arte de nada querer e consequentemente tudo acontecer ….

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create your website at WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: